Luan Santana

Loading...

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Te querer e não te ter

Ah se eu pudesse explicar meus sentimentos!
Meu coração está corroído,
despedaçado!
No meu coração ha algo confuso,
não posso me entender!
Tomado pela dor de não te ter,
meu coração sangra!
Sangra como um coração partido e tanto amor!
De que me adianta tanto amor,
se quem, opôs em meu peito não pode desfrutá-lo?
Só sei que é esse amor que me dá forças pra viver
e seguir lutando por você.
Platônico?
Pode ser,mas isso é vivo em em mim,e,
a cada segundo que passa te amo mais,
e quanto mais te amo,mais te cobiço,
e ao te querer e não te ter,
sofro,
sofro por você!
Sofro nesse mar de solidão que é feito de silêncio!
Silêncio,que perto da sua voz não exixte!
Por você vou mais além!
Enfrento quem for preciso,
pra lhe mostrar esse amor,
que de uma maneira inesplicável,
entrou em meu peito,
tomando conta de mim!
Por você posso chorar,
posso rir,
mas é o que o meu coração pede!
Vou lutar pelo o que quero,e me faz bem,
Você!
Eu não posso ficar parada com esse amor,
meu coração grita por você,
e por isso voi lutar por ti,
até o fim!
Luan,depois de tudo isso,cheguei a conclusão que,o amor passou por mim,não deixou marcas,mas me deixou rastros,e esses rastros me levam até você,bem de vagar,bem devagarinho,meu amor,mostra o caminho!
Vou parar por aqui,é parar.Mas parar de escrever,não de te amar,pois se fosse descrever o que sinto por você,não haveria palavras suficiente no mundo!

TE AMO!





Por-> Karla Mirela (presidente)

Um comentário: